Citações Literárias

14/ 10 /2018

Mórmon

“Quando o mórmon tomou fôlego, Passepartout animou-se a perguntar-lhe com toda a delicadeza quantas mulheres tinha ele só para si – pois que, da maneira que o vira abalar, supunha que seriam vinte, pelo menos. – Uma senhor! – respondeu o mórmon, levantando os braços ao céu. – Uma e já é bastante!” (Júlio Verne, A volta ao mundo em oitenta dias)

categoria: Citações Literárias m
16/ 09 /2018

Kararaô

“Então veio a Transamazônica e o governo anunciou que estava contratando, em caráter de urgente, pessoal para as frentes de atração da Funai. Um parente distante no órgão, o sertanista Júlio Reinaldo de Morais, o Camiranga, convidou Benigno para a atividade de auxiliar de enfermagem, que ele havia apreendido com os padres. Benigno achou que haveria algum curso preparatório, algum treinamento, mas poucas semanas se passaram e ele já estava na selva atrás de índios isolados. Na primeira expedição, Benigno foi acompanhado de Camiranga, três funcionários da Funai e quatro índios, dentre os quais Kamayurá. Após dez dias de barco, entraram a caminhar na mata atrás de índios que seriam um grupo dos Kararaô… Montaram um acampamento para descansar e Benigno foi caçar com mais dois índios. Viram rastros na mata e vestígios de castanhas que haviam acabado de ser limpas com uma pedra. Na manhã seguinte, um jacu, ave da região, começou a piar forte perto de um igarapé. Benigno correu e, ao ver o animal espetado por uma flecha e as pegadas dos índios na lama, resolveram recuar. No dia seguinte, o grupo retomou a caminhada até chegar a uma roça feita pelos índios. Na mata, estes começaram a cantar. Camiranga reconheceu o canto, que repetiu em voz alta. Após um momento de silêncio, os índios apareceram. Foi a música que aproximou dois grupos humanos tão incrivelmente distintos. Benigno contou 29 índios, entre adultos, mulheres e crianças. Todos tinham a cabeça raspada. Uma idosa veio caminhando apoiada num pedaço de pau. Ela disse que eram o povo Kararaô” (Rubens Valente, Os fuzis e as flechas).

categoria: Citações Literárias k
09/ 09 /2018

Útero Social

“O útero social será sempre mais agressivo do que o útero materno, mas é nesse útero que o Eu deve se formar, se adaptar, crescer e deixar de ser vítima. É provável que a maior fonte de estresse que ele enfrentará não venha das frustrações e dificuldades que normalmente terá de lidar, mas dessa sociedade agitada e ansiosa em que vivemos. A sociedade dos excessos” (Augusto Cury)

categoria: Citações Literárias u
28/ 08 /2018

Vida Social

“Os verdadeiros árbitros da vida social não são os legistas, os dirigentes, os que se interessam, passiva ou ativamente, no mover o aparelho político, o moinho do autoritarismo, mas o engenheiro que empreende a navegação do rio, as mulheres que assumem, apoiadas na totalidade do passado social da sua família, da sua região, da sua nacionalidade, a educação dos filhos e a assistência moral dos que as cercam, o obscuro investigador que procede a pesquisas no laboratório ou nas selvas, contente da sua humildade e insatisfeito com a sua grandeza, todos aqueles que abrem ou ajudam a abrir os novos sulcos, ou, tranquilos, semeiam com o que é seu a terra ou o espírito” (Pontes de Miranda)

categoria: Citações Literárias p
29/ 07 /2018

Homo Sapiens

“Nossos ancestrais eliminaram os neandertais. Eles eram similares demais para se ignorar, mas diferentes demais para se tolerar… Os últimos remanescentes do Homo soloensis datam cerca de 50 mil anos atrás. O Homo denisova desapareceu logo depois. Os neandertais sumiram há cerca de 30 mil anos. Os últimos humanos diminutos desapareceram da ilha de Flores há aproximadamente 12 mil anos. Deixaram para trás alguns ossos, ferramentas de pedra, uns poucos genes em nosso DNA e uma porção de perguntas sem resposta. Também deixaram a nós, Homo sapiens, a última espécie humana” (Yuval Noah Harari)

categoria: Citações Literárias h
22/ 07 /2018

Afogar (em Sangue)

“Quando estamos nos afogando, mesmo que em sangue, aprendemos a nos adaptar, a boiar, a nadar, até a curtir a vida, criando laços com aqueles que estão se segurando no mesmo bote” (Paul Kalanithi).

categoria: a Citações Literárias
01/ 07 /2018

Sete Mandamentos

“Benjamin sentiu um focinho esfregar-lhe o lombo. Era Quitéria. Seus olhos pareciam mais encobertos que nunca. Sem dizer palavra, ela o puxou delicadamente pela crina, levando-o até o fundo do grande celeiro, onde estavam escritos os Sete Mandamentos. Durante um ou dois minutos ficaram olhando a parede alcatroada com o grande letreiro branco. ‘Minha vista está falhando’, ela disse afinal. ‘Mesmo quando eu era moça, não conseguia ler o que estava escrito aí. Mas me parece agora que a parede está meio diferente. Os Sete Mandamentos são os mesmo de sempre, Benjamin?”’ Pela primeira vez Benjamin consentiu em quebrar sua norma, e leu para ela o que estava escrito na parede. Nada havia, agora, senão um único Mandamento que dizia: todos os bichos são iguais, mas alguns bichos são mais iguais que outros” (George Orwell, A revolução dos bichos).

categoria: Citações Literárias s
23/ 06 /2018

Imensidão

“A imensidão está em nós. Está ligada a uma espécie de expansão de ser que a vida refreia, que a prudência detém, mas que retorna na solidão. Quando estamos imóveis, estamos algures, sonhamos num mundo imenso. A imensidão é o movimento do homem imóvel. A imensidão é uma das características dinâmicas do devaneio tranquilo” (Gaston Bachelard).

categoria: Citações Literárias i
16/ 06 /2018

Fagundes Varela (poeta)

“Varela, adormeceste no seio daquele que tão alto cantou a tua Musa Cristã!… A angústia da tua vida, e do teu sonho, resplandece imperecível na tua glória, e as chagas em que sangraste neste mundo, como as chagas dos Artistas, refletem nas alturas, uma luz muito mais viva nas estrelas” (Adelmar Tavares).

categoria: Citações Literárias f