f

29/ 12 /2016

Fronteira da Medicina

“A imensa Amazônia, naquele ponto, concentrava uma pequena população de três países que, embora pequena, enfrentava uma enorme dificuldade para formar uma comunidade internacional e integrar suas ações. Mas se isso era difícil, devido às peculiaridades da região, existia um sentimento mudo de solidariedade nos moradores locais. A medicina era representada pelos hospitais. O de Letícia, na Colômbia, com seus médicos, especialistas, sua tecnologia e seus recursos. O da Fundação SESP, em Benjamin Constant, com seu dedicado grupo de funcionários e com um médico recém-formado. De um lado, uma cidade pequena, é verdade, mas uma cidade, do outro, uma cidade a construir. Vivia na fronteira, geográfica e da medicina. Ora estava perto da morte, ora estava ajudando a trazer gente ao mundo” (Germano Mostardeiro Bonow, Na fronteira da medicina: um médico no interior da Amazônia – 1969-1970)

categoria: Citações Literárias f
05/ 08 /2016

Fome

“Na rua estava escuro, era noite fechada, e a lua, entre as nuvens iluminava a terra de uma maneira sinistra. Em vez de atalhar pelos jardins, a mulher fez a volta, desesperada, não ousando entrar em casa. Mas, ao longo das fachadas mortas, todas as portas ressudavam fome e inércia. De que adianta bater? A miséria estava por toda parte. Havia semanas que não se comia mais, o próprio cheiro de cebola tinha desaparecido, esse cheiro forte que de longe, do campo, anunciava o conjunto habitacional; agora só havia um odor de porões bolorentos, de buracos úmidos onde ninguém vive. Os ruídos vagos iam esmorecendo aos poucos: eram lágrimas abafadas, pragas soltas ao léu. E o silêncio era cada vez mais pesado, sentia-se avançar o sono da fome, o esquecimento dos corpos jogados nas camas, sob os pesadelos dos estômagos vazios” (Émile Zola, Germinal).

categoria: Citações Literárias f
12/ 12 /2013

Felicidade

“Pois, creiam-me! – O segredo para colher da vida a maior fecundidade e a maior fruição é: viver perigosamente! (Friedrich Nietzsche).

categoria: Citações Literárias f
23/ 08 /2013

Fama

“Procuramos ser objetos da memória, e assuntos da fama: o nosso fim é querermos que se fale em nós, vindo a ser ambiciosos das palavras dos outros, e idólatras das narrações da história” (Matias Aires)

categoria: Citações Literárias f