Citações Literárias

14/ 05 /2017

Saber

“Quem quer saber tudo acaba por saber muito pouco acerca de muita coisa, porque não é possível saber tudo com profundidade. É dizer: acaba por não saber praticamente nada” (J. Souto Maior Borges)

categoria: Citações Literárias s
22/ 04 /2017

Vítima e flagrante

“Autor, vítima, advogado e escrivão esperavam pelo comissário.

Então Doutor, tudo resolvido? Disse o advogado;

Tudo, vamos continuar o auto de flagrante [disse o comissário]

Doutor, meu cliente foi impelido por relevante valor moral, logo em seguida à injusta provocação da vítima;

Diga isso ao juiz;

Doutor, até o senhor, que é um homem instruído, ao contrário do meu cliente que é um estivador do cais do porto, um homem rude analfabeto, até o senhor perderia a paciência se sua esposa lhe dissesse o que a mulher do meu cliente disse a ele;

Eu já pedi desculpas, sussurrou humilde a mulher, do fundo da sala.

Ela está arrependida, sabe que errou, pediu desculpas, o senhor não ouviu, disse o advogado;

– Esse crime é de ação pública, não me interessa a opinião da vítima, vamos continuar o flagrante.

Doutor, ela chamou o meu cliente de broxa, algum marido pode ouvir a própria esposa chamá-lo de broxa sem perder a cabeça? Hein? Tem dó!

– Ninguém mais autorizado a chamar um sujeito de broxa do que a própria mulher, disse o comissário.

O flagrante foi lavrado, assinado e a mulher enviada a exame de corpo de delito. O marido pagou uma pequena fiança como mandava a lei e foi liberado” (Rubem Fonseca, Agosto)

categoria: Citações Literárias v
06/ 04 /2017

Moderação e Coragem

“O homem que evita e teme tudo e não enfrenta coisa alguma torna-se um covarde. Em contraste, o homem que nada teme e enfrenta tudo torna-se temerário. Da mesma forma, o homem que se entrega a todos os prazeres e não se abstém de qualquer deles torna-se concupiscente, enquanto o homem que evita todos os prazeres, como acontece com os rústicos, torna-se de certo modo insensível. A moderação e a coragem, portanto, são destruídas pela deficiência e pelo excesso, e preservadas pelo meio termo” (Aristóteles)

categoria: Citações Literárias m
19/ 03 /2017

Trabalho

“O monumento dos que trabalham é muitíssimo mais vasto, muitíssimo mais deslumbrante. Tem por cúpula o firmamento; por alicerces o âmago da terra; por colunas os livros, as escolas, as searas, as fábricas, os navios; por tapetes, a relva e as flores dos campos; por lustre imenso o sol; por ornamentos as famílias, as mães risonhas com os filhos sobre o colo.” (Oliveira Martins)

categoria: Citações Literárias t
11/ 03 /2017

Quase Adulto

“Agora, como quase todo adulto, eu passava a maior parte do tempo na inércia, matutando o impossível, ou, mais prosaicamente, vendo televisão. A inércia parecia essencial para se contemplar o plano abstrato dos adultos. Para se gerir a alma para as grandes construções, seria preciso dissolver o aturdimento da ação. Eu entornaria um copo de água fria na minha cabeça em face daquela mulher filha de minha avó. Essa atitude me reanimaria para beijar a sua face, precipitando o meu adeus. Ela iria até o portão, como uma lágrima furtiva a escorregar ao lado da asa do nariz. Eu preferia que isso não acontecesse. Que eu pudesse partir sem deixar ninguém a sofrer por minha falta iminente. Eu olharia para trás imaginando-a a me amamentar por oito meses, cantando seu repertório popular. Nesse instante vi que ela limpava as lágrimas com a bainha do suéter” (João Gilberto Noll, Anjo das ondas).

categoria: Citações Literárias q
05/ 03 /2017

Meninas do Arraial

“As meninas indo e vindo, corpos cheios de amor para dar, levantavam poeira, batendo as sandálias gastas no bairro do arraial. Várias eram levadas para muito além, aonde não chegava a claridade das porongas e fogueiras. Conduziam-nas moleques já homens, os braços rijos do trabalho agasalhando-as. Iam aprender anatomia, o método Braille, simples e humano, presidiria aos ensinamentos” (Carlos Gomes, Mundo Mundo Vasto Mundo)

categoria: Citações Literárias m
23/ 02 /2017

Egoísmo

“Roubar ao alimento, aos sentidos, dilacerar o corpo, e atrofiar o espírito, olhando para o céu, é o cume do egoísmo, é o egoísmo que sobe às nuvens. Gozar todos os prazeres que a natureza e a sociedade nos oferecem, desprezando os sofrimentos do pobre e do aflito, comprometendo o futuro, é o egoísmo que desce ao embrutecimento” (Oliveira Martins)

categoria: Citações Literárias e
17/ 01 /2017

Bela Mulher

“A aparição maravilhou-me. D. Ema, a senhora do diretor, bela mulher em plena forma dos trinta anos. Magra, de formas alongadas, o tronco sobre quadris amplos e fortes. Olhos negros, pele cor de jambo. Ao andar, exibia uma cadência harmoniosa e mole. Vestia cetim preto e justo sobre as formas, reluzente como plano molhado, ousada transparência da vida oculta da carne” (Raul Pompéia, O ateneu).

 

categoria: b Citações Literárias
29/ 12 /2016

Fronteira da Medicina

“A imensa Amazônia, naquele ponto, concentrava uma pequena população de três países que, embora pequena, enfrentava uma enorme dificuldade para formar uma comunidade internacional e integrar suas ações. Mas se isso era difícil, devido às peculiaridades da região, existia um sentimento mudo de solidariedade nos moradores locais. A medicina era representada pelos hospitais. O de Letícia, na Colômbia, com seus médicos, especialistas, sua tecnologia e seus recursos. O da Fundação SESP, em Benjamin Constant, com seu dedicado grupo de funcionários e com um médico recém-formado. De um lado, uma cidade pequena, é verdade, mas uma cidade, do outro, uma cidade a construir. Vivia na fronteira, geográfica e da medicina. Ora estava perto da morte, ora estava ajudando a trazer gente ao mundo” (Germano Mostardeiro Bonow, Na fronteira da medicina: um médico no interior da Amazônia – 1969-1970)

categoria: Citações Literárias f