Citações Literárias

30/ 09 /2017

Garganta

“O mineiro que bebia a uma mesa tinha saído. Outros, um a um entravam para molhar a garganta e punham-se novamente a caminho com o mesmo passo cansado. Era uma simples lavagem de garganta, sem alegria ou paixão; o mudo saciar de uma necessidade” (Émile Zola, Germinal).

categoria: Citações Literárias g
08/ 09 /2017

Nero e Povo

“Sempre o popular foi assim: ao prazer que não pode receber honestamente é todo aberto e dissoluto e, ao erro e a dor que não pode sofrer honestamente é insensível. Não vejo atualmente ninguém que, ao ouvir falar de Nero não trema até a menção do nome desse monstro vil, desse ser repugnante e sórdida peste do mundo. Entretanto, dele, desse incendiário, desse algoz, dessa besta selvagem, pode-se dizer que, após sua morte, tão vil quanto sua vida, o nobre povo romano recebeu com tanto prazer a lembrança de seus jogos e festins, que estava a ponto de trajar luto” (Étienne de La Boétie, Discurso sobre a servidão voluntária)

categoria: Citações Literárias n
22/ 08 /2017

Heróis e História

“No processo de fabricação de um espírito nacional, é normal que se inventem tradições, heróis, mitos fundadores e histórias de chorar, que se jogue um brilho a mais em episódios que criam um passado em comum para todos os habitantes e provocam uma sensação de pertencimento. Se este país quer deixar de ser café com leite, um bom jeito de amadurecer é admitir que alguns dos heróis da nação eram picaretas ou pelo menos pessoas do seu tempo. E que a história nem sempre é uma fábula: não tem uma moral edificante no final nem causas, consequências, vilões e vítimas facilmente reconhecíveis. Por isso é hora de jogar tomates na historiografia politicamente correta” (Leandro Narloch)

categoria: Citações Literárias h
23/ 07 /2017

Náufrago

“Vivia como um náufrago numa ilha deserta sem ninguém a não ser eu próprio” (Daniel Defoe, As aventuras de Robinson Crusoé)

categoria: Citações Literárias n
02/ 07 /2017

Arte

“Necessitamos de toda arte exuberante, flutuante, dançante, zombeteira, infantil e venturosa, para não perdermos a liberdade de pairar acima das coisas, que o nosso ideal exige de nós” (Friedrich Nietzsche)

categoria: a Citações Literárias
04/ 06 /2017

Livro

“Nas cidadezinhas do interior, numa das quais eu vivia, não se lê o livro que se quer, mas o que se pode” (Heli Menegale)

categoria: Citações Literárias l
14/ 05 /2017

Saber

“Quem quer saber tudo acaba por saber muito pouco acerca de muita coisa, porque não é possível saber tudo com profundidade. É dizer: acaba por não saber praticamente nada” (J. Souto Maior Borges)

categoria: Citações Literárias s
22/ 04 /2017

Vítima e flagrante

“Autor, vítima, advogado e escrivão esperavam pelo comissário.

Então Doutor, tudo resolvido? Disse o advogado;

Tudo, vamos continuar o auto de flagrante [disse o comissário]

Doutor, meu cliente foi impelido por relevante valor moral, logo em seguida à injusta provocação da vítima;

Diga isso ao juiz;

Doutor, até o senhor, que é um homem instruído, ao contrário do meu cliente que é um estivador do cais do porto, um homem rude analfabeto, até o senhor perderia a paciência se sua esposa lhe dissesse o que a mulher do meu cliente disse a ele;

Eu já pedi desculpas, sussurrou humilde a mulher, do fundo da sala.

Ela está arrependida, sabe que errou, pediu desculpas, o senhor não ouviu, disse o advogado;

– Esse crime é de ação pública, não me interessa a opinião da vítima, vamos continuar o flagrante.

Doutor, ela chamou o meu cliente de broxa, algum marido pode ouvir a própria esposa chamá-lo de broxa sem perder a cabeça? Hein? Tem dó!

– Ninguém mais autorizado a chamar um sujeito de broxa do que a própria mulher, disse o comissário.

O flagrante foi lavrado, assinado e a mulher enviada a exame de corpo de delito. O marido pagou uma pequena fiança como mandava a lei e foi liberado” (Rubem Fonseca, Agosto)

categoria: Citações Literárias v
06/ 04 /2017

Moderação e Coragem

“O homem que evita e teme tudo e não enfrenta coisa alguma torna-se um covarde. Em contraste, o homem que nada teme e enfrenta tudo torna-se temerário. Da mesma forma, o homem que se entrega a todos os prazeres e não se abstém de qualquer deles torna-se concupiscente, enquanto o homem que evita todos os prazeres, como acontece com os rústicos, torna-se de certo modo insensível. A moderação e a coragem, portanto, são destruídas pela deficiência e pelo excesso, e preservadas pelo meio termo” (Aristóteles)

categoria: Citações Literárias m
19/ 03 /2017

Trabalho

“O monumento dos que trabalham é muitíssimo mais vasto, muitíssimo mais deslumbrante. Tem por cúpula o firmamento; por alicerces o âmago da terra; por colunas os livros, as escolas, as searas, as fábricas, os navios; por tapetes, a relva e as flores dos campos; por lustre imenso o sol; por ornamentos as famílias, as mães risonhas com os filhos sobre o colo.” (Oliveira Martins)

categoria: Citações Literárias t