Vallisney Oliveira

“Os livros aí estão para dar mil moradas aos nossos devaneios” (Gaston Bachelard)

22/ 01 /2018

Confissões

Esperando pela morte

como um gato que vai pular na cama

lamento muitíssimo pela minha esposa.

Ela vai ver este corpo rijo e branco,

vai sacudi-lo uma vez,

então talvez de novo: “Hank!”

Hank não vai responder.

Não é a minha morte que me preocupa,

é a minha esposa deixada sozinha

com este monte de nada.

Eu quero que ela saiba

no entanto

que todas as noites

dormindo a seu lado

e mesmo as inúteis discussões

foram coisas totalmente esplêndidas

e as palavras duras que sempre temi dizer

podem agora ser ditas:

Eu te amo.

(Charles Bukowski)

categoria: Poemas Transcritos
22/ 01 /2018

Weimar e Nuremberg

“Weimar é o nome de uma antiga capital saxã, cidade de arte e de cultura onde viveram Goethe e Schiller, representados lado a lado numa estátua posta defronte o teatro onde se reuniu em 1919 a Assembleia Constituinte que instituiu um regime republicano. A Constituição de Weimar garantia com uma perfeição inédita as liberdades fundamentais, incluindo notadamente o princípio de igualdade entre os homens e as mulheres. Nuremberg é um dos teatros do triunfalismo nazista; ali foram votadas por um Reichstag unânime as odiosas leis raciais de 15 de setembro de 1935, denominadas leis de Nuremberg. Todavia, não foi para reparar essa injustiça no lugar onde fora instituída que os aliados vitoriosos instalaram na mesma cidade o Tribunal Militar Internacional perante o qual um punhado de dirigentes nazistas foi processado pelos crimes de agressão, pelos outros crimes de guerra e pelos crimes conta a humanidade de que eram acusados. Nuremberg não foi escolhida por seu valor simbólico, mas porque o Palácio de Justiça dessa cidade, mais do que outros aptos a abrigar um processo dessa amplitude, fora poupado pelas operações militares. Confrontada com Weimar, dupla testemunha de uma Alemanha civilizada, Nuremberg é o território do crime e o lugar do castigo. Os juristas contribuíram para a destruição da ordem jurídica de Weimar pelo III Reich cujo sistema de governo, após 1945, foi qualificado de empresa criminosa, ao passo que os tribunais da República Federal esforçaram-se por reparar algumas das injustiças cometidas. A história alemã oferece assim um paradigma da aptidão do direito a se apropriar de qualquer situação que seja, a legalizar o crime para em seguida restituir-lhe a qualificação que merece. Incentiva também a se interrogar sobre a fragilidade de uma Constituição escrita que os cidadãos não estão dispostos a defender” (François Rigaux).

categoria: Citações Jurídicas w
22/ 01 /2018

Detração

“Se fôssemos sábios, não atacaríamos a ninguém, nem faríamos piadas de ninguém, nem teríamos preconceitos com ninguém. Se fôssemos sábios, não haveria detração nem problemas no mundo causados pelo preconceito. Em vez de risos nervosos por piadas preconceituosas, riríamos com as crianças, com o Sol e com o mar. Se fôssemos sábios…” (Leandro Karnal).

categoria: Citações Literárias d
22/ 01 /2018

Nem adianta

Nem adianta sofrer

nem adianta chorar,

a vida nem é só boa,

a vida nem é só má,

a vida muito menos é

passeio horrendo de arrepiar;

nem adianta sofrer e se lastimar,

se nada se resolve com o pranto,

tudo torna e tudo tornará,

cada qual no próprio espanto

da batida surda do relógio mudo.

Nem adianta sofrer,

nem adianta chorar,

nada existe por existir,

agora é pedra, depois pó,

hoje é luta, amanhã melhor,

dor no corpo, fortaleza d’alma,

após os raios, frescor e calma.

vso

categoria: Poemas Tentados
31/ 12 /2017

Nascimento do Direito

“Quando os juristas e, em particular, os filósofos se perguntam como nasceu o Direito, a resposta comum é que, num certo momento, um homem começou a mandar nos outros” (Francesco Carnelutti)

categoria: Citações Jurídicas n