Vallisney Oliveira

“A espada sem a balança é a força brutal; a balança sem a espada é a impotência do direito” (Ihering)

20/ 11 /2019

Tempestade

Lá vem a tempestade

Traz homens e cadáveres.

Coisas más se anunciam

Pela força invisível

Dos ventos sibilantes

Que salivam para consumir

O que há de bom e de mau

A tempestade sempre passa,

Mas deixa um clarão

Escuro de perdas,

Sem esperança.

(Luis C. Alcoforado, Incompletude)

 

categoria: Poemas Transcritos
20/ 11 /2019

As mágoas

As mágoas são lágrimas de fina dor

são duras amálgamas são algas

de raiva ou rancor

são marcas d’água

são calos são vácuos torpor

são léguas de anáguas

seja de quem for

de um valente ou de um perdedor

são pedras de lágrimas que ferem

em pontadas ou num cursor

no meio do peito em remoinho

de ruminada e desvalor.

 

categoria: Poemas Tentados