Poemas Tentados

25/ 03 /2017

Inspiração

Lírica flora divinal canção:

de tão métrica se faz inteira,

de tão fértil se jorra o líquido,

de tão batuta se escuta longe,

dando vida às frágeis pétalas,

ao trovar do som agudo verso,

em ecos libertos retráteis soltos.

(VSO)

categoria: Poemas Tentados
19/ 03 /2017

Respostas

Vivam os fatos, vivam:

nasce um herói depois da morte,

cresce a poeira do armário,

morre um vilão antes da fama,

sucedem reis num toque de mágica,

imagens cruzam os oceanos,

instantâneas,

sabe-se da cotação das bolsas,

calcula-se a intensidade das chuvas,

saem dicas para se gastar menos,

porém ninguém dá respostas condignas

para viver sem entregar-se ao monopólio das horas.

(VSO)

categoria: Poemas Tentados
11/ 03 /2017

Clarear

A tarde se desarma

em calma, escurece,

ilumino-me interior,

janelas brilham,

enigmática, torpor,

clareio em ti, é noite

e meu mundo é todo teu.

(VSO)

categoria: Poemas Tentados
05/ 03 /2017

Procura

Eu te procuro, andas por onde?

Cego um olho indo atrás de ti,

mas somes como um Guepardo,

tateio montanhas amazônicas,

caio do cavalo e corro descalço,

enquanto pões asas nos pés

e desapareces, voltas num átimo,

eu te procuro, sempre te escondes,

ando de quatro, tu sobrevoas, flutuas,

sigo de carro, tu vais de avião,

sou de pedra, és leve e moderna,

eu sempre coro por ti de atenção,

porque és deusa verdadeira

para junto estar, amar e viver,

por isso espero cada teu retorno

nesta parada ou noutra estação,

quando poderás vir, ver e sentir

meu eu estirado a ti pelo chão.

(VSO)

categoria: Poemas Tentados
17/ 01 /2017

Lição

Quando sem razão me sinto mal,

lembro daquele idoso sem bengala,

silente na dor, sem pavor, sem fala,

que se amparava em seringas no hospital.

(VSO)

categoria: Poemas Tentados
05/ 01 /2017

Seguir

Tirar a poeira,

largar as malas

e partir,

descer as escadas,

subir as escadas,

desatar o nó,

jogar as cordas,

flutuar, fluir,

pela vida, leve,

em altas ondas,

sem remos,

sem rumos,

sem rotas,

nos barcos

transcendentais.

(VSO)

categoria: Poemas Tentados
29/ 12 /2016

Massa

Estamos com fome,

queremos o pão,

o pão da vontade de amar,

o pão do mais fino manjar.

Temos sede de pão,

temos fome de água,

do fermento que nos concretiza,

do líquido que em nós reavive,

temos fome, uma carência inata,

do alimento que nos socorre,

da massa que se adentra e morre,

do basta que nos maltrata.

categoria: Poemas Tentados
15/ 12 /2016

Imagem

Pelas solidões do quarto

nas noites mal dormidas

fixe-se numa imagem

de uma pessoa querida.

VSO

 

categoria: Poemas Tentados
03/ 12 /2016

Fragmentos

O que restaria se te fugisse o ego,

se perdesses a vontade de viver,

se te sobrasse a inexistência única,

se a vergonha te consumisse

numa morte lenta,

decerto ninguém ao lado,

jamais a comoção geral,

sequer a fuga desenfreada,

o frescor dos mundos esvairia

como uma valsa no salão de débeis

esquálidos movimentos de sangue.

(VSO)

categoria: Poemas Tentados
13/ 11 /2016

Chá

Esse chá tem sabor de minha infância,

das tardes macias, calor ou temporais,

mate a saudade chá da minha infância,

lá pelos tantos mil tempos imemoriais.

(VSO)

categoria: Poemas Tentados